SOU PROFISSIONAL DA ÁREA DE SAÚDE E QUERO ABRIR MEU NEGÓCIO, E AGORA?

SOU PROFISSIONAL DA ÁREA DE SAÚDE E QUERO ABRIR MEU NEGÓCIO, E AGORA?

Transformações

A área de saúde tem vivenciado uma série de transformações nos últimos tempos que tem impactado consideravelmente nas relações de trabalho e ganhos financeiros por parte daqueles que escolhem as profissões. O salário cada vez mais achatados e menos vagas já é uma realidade, isso pode ser explicado pelo número desenfreado de abertura de cursos, o que certamente tem impactado no aumento de profissionais no mercado. Porém os cursos na área de Saúde não possui formação específica para preparar futuros médicos e enfermeiros para empreender. A falta de conhecimento e preparo contribuem para um grande número de insucessos em empresas formatadas por esses profissionais. Alguns autores consideram habilidades de empreendedorismo natas, mas é consenso que o empreendedorismo pode ser trabalhado e desenvolvido com ferramentas adequadas. Entre as principais características do perfil empreendedor estão:

Visão estratégica
Analisar cenários, identificar oportunidades e ameaças e oportunidades são fundamentais no empreendedorismo. Saber onde quer chegar é fácil, mas o principal é saber quais os caminhos a serem usados para alcançar os objetivos.

Conhecimentos em gestão

Com a falta de preparo na academia, o profissional da área de saúde vai ter que buscar por meios próprios conhecimento nesse segmento. O conhecimento em gestão pode ser adquirido através de cursos de graduação ou curso rápidos. Cada vez mais os cursos de longa duração tem perdido importância para cursos de curta de duração e que atenda uma necessidade específica. Entre as principais necessidades estão gestão de finanças, pessoas e Marketing. Canais como o SEBRAE e empresas fomentadoras de negócios como Endeavour, disponibilizam cursos curtos e com excelente custo benefício, inclusive com possibilidades de cursos online.

Capacidade de inovação

As pessoas costumam confundir inovação com o ato de criar algo que jamais fora concebido — como Steve Jobs fez com o iPad, Mark Zuckerberg com o Facebook ou Graham Bell com o telefone. Contudo, no mundo dos negócios, o ato de inovar pode ser encontrado na introdução ou no aperfeiçoamento de um processo, na criação de um modelo de negócios, no descobrimento de um mercado.
É fundamental entender que a idéia inicial do negócio pode ser ao longo do tempo lapidada, e uma vez já implantado, a partir das oportunidades levantadas surgir novos novos modelos de negócios. Vou usar como exemplo o meu case. Quando idealizei o Doutor Feridas e a expansão nacional de nossas atividades, entendemos que o modelo de franquia iria nos atender. Com uma demanda muito grande de pacientes dos mais diferentes pontos do Brasil solicitando tratamento, vimos que havia necessidade dessa expansão ser mais rápida, elaboramos então um modelo mais fácil de captar profissionais que é o Licenciamento da Marca, e recentemente elaboramos nosso aplicativo chamado Doutor Feridas Conecta, que ligará pacientes a profissionais especialistas em tratamento de uma maneira rápida e segura.

Proatividade

A proatividade talvez seja um dos atributos mais importantes que o empreendedor deve ter. Essa condição permite ao profissional ter iniciativa e motivação para buscar estar sempre à frente dos concorrentes.

Liderança

Para chegar num objetivo é importante saber liderar equipes. Manter a coesão do time e fazer com que sua equipe seja motivada é fundamental. Nesse ponto é muito importante definir e escolher seu time criteriosamente. Tenha cautela na definição de pessoas importantes no negócio.

Ser um líder significa possuir habilidades para manter uma equipe motivada e coesa, tomar decisões e assumir responsabilidades. Um indivíduo que já possui essa característica bem desenvolvida deu um passo importante para o objetivo de empreender.

Boa comunicação

Ter uma boa capacidade de informar os grupos de interesse que estão relacionados com a sua atividade profissional é muito importante para o sucesso do empreendimento. E assim, desenvolver uma comunicação eficiente com fornecedores, público-alvo e demais parceiros faz parte do dever de um empreendedor.

Perseverança

Acredito ser essa a principal característica de um bom empreendedor. Não desistir na primeira derrota. Um dos casos mais atuais é o Geraldo Rufino, diretor da JR Diesel, que em sua biografia conta que faliu seis vezes antes de atingir hoje uma empresa com faturamento mensal de mais de 50 milhões.
As dificuldades vão aparecer, o importante é saber reconhecer os erros e consertá-los em tempo hábil, não persistindo nos erros. Nenhum negócio nasce maduro, é preciso dar um tempo para que o mesmo ganhe corpo e se torne um produto de qualidade, para isso é necessário paciência e estratégia. É fundamental deixar bem claro que nenhum negócio pode nascer da necessidade exclusiva do empreendedor em retirar dele seu próprio sustento.

Deixe uma resposta