TRATAMENTO A LASER PARA MICOSE DE UNHAS

TRATAMENTO A LASER PARA MICOSE DE UNHAS

Micose nas unhas, ou onicomicose, é um problema bastante comum: estima-se que atinja cerca de 20% da população brasileira. Por alterar a aparência das unhas, afeta também a autoestima do paciente, que sente vergonha de deixar seus pés à mostra.

O tratamento através do laser tem apresentado resultados excelentes no tratamento da micose das unhas, mostrando-se a opção mais segura, rápida e eficiente na cura desta doença, que tem um tratamento difícil e demorado e exige paciência e comprometimento e persistência do paciente.

Quais são as causas da micose das unhas?

Manter os pés sempre fechados em sapatos durante longos períodos, usar sempre o mesmo calçado ou sapatos apertados demais, desatenção da higiene dos pés, meias e calçados. O ambiente úmido, quente e fechado é propício para o aparecimento dos fungos, que se alimentam da queratina das unhas. Daí surge a micose.

No caso das mãos, deixá-las em contato com a água constantemente, em lavagens de ambientes ou louças, sem o uso de luvas protetoras.

Os fungos estão presentes naturalmente no ambiente, mas alguns lugares são mais propícios para a contaminação, como piscinas, academias e salões de beleza, por causa de instrumentos mal esterilizados. Por isso, é muito importante redobrar os cuidados com higiene nessas situações.

Quais são os sintomas?

As unhas ficam espessas, amareladas e escuras e começam a descolar do dedo, ou como se diz em linguagem médica, do leito ungueal. A unha fica deformada, apresentando também manchas ou linhas brancas. Além disso, a unha fica frágil e quebradiça, começando a descolar pelos cantos dos dedos, ficando oca conforme a micose avança.

Pode acometer tanto as unhas das mãos como as dos pés, porém é no pés que se apresenta com mais frequência, até pelas condições mais favoráveis ao aparecimento de fungos, como dissemos acima. O dedão costuma ser o primeiro a ser afetado pela micose.

Também é comum a pessoa sentir dor ao caminhar ou ao usar sapatos. Com o passar do tempo, a unha vai perdendo sua forma original, apresentando inchaço, inflamação e vermelhidão, o que causa dor.

Quem está mais vulnerável à micose nas unhas?

Qualquer pessoa pode ter micose nas unhas, mas alguns grupos estão mais vulneráveis: portadores de diabete, pacientes com baixa imunidade e idosos, por exemplo. Problemas circulatórios também dificultam o tratamento, e no caso de pessoas idosas ou com doenças crônicas existe a possibilidade de medicamentos que elas já utilizem causar interferência no tratamento da micose com remédios.

Que tipos de fungos causam micose nas unhas?

Os fungos que causam a micose das unhas são do tipo dermatófito, que se alimentam da queratina presente em unhas, pelos e cabelos. Os fungos mais comuns são Candida albicansCladosporium, Trichophyton rubrum, Epidermophyton,Trichophyton mentagrophytes e Aspergillus.

Quais as formas de tratamento, além do laser?

Mas, afinal, existe como curar micose de unha com outro tipo de tratamento?

Sim, existem outros tratamentos além do laser para combater a micose nas unhas, porém estes nem sempre resolvem e costumam durar mais tempo: são medicamentos via oral, que podem acabar sobrecarregando o fígado e os rins, pois o período de ingestão do medicamento é longo – durando de 6 a 12 semanas-, trazendo outros efeitos colaterais, como dores de cabeça e estômago. Também existem tratamentos tópicos (locais), como cremes, pomadas e esmaltes antifúngicos.

Nestes casos, o tratamento demora mais e a chance de a micose não desaparecer ou voltar depois de algum tempo é maior, principalmente se a micose já está em um estado avançado e atingiu a matriz ungueal, que é onde nasce a unha.

Deixe uma resposta