fbpx

Como tratar erisipela na perna

paciente com eirsipela na perna faz terapia compressiva com bota de unna

O tratamento da erisipela na perna exige uma série de ações conjuntas para promover a cicatrização da ferida e evitar complicações da doença.

Entre os cuidados estão o consumo de antibióticos e a adoção de medidas alternativas para controlar a dor e devolver a qualidade de vida ao paciente o mais rápido possível.

Conheça os tipos de tratamento para erisipela na perna

Uso de antibióticos orais ou intravenosos

O primeiro objetivo do tratamento da erisipela é controlar a infecção bacteriana.

Para isso, o médico deverá receitar um antibiótico via oral. Em casos mais graves, pode ser recomendada a aplicação do medicamento via intravenosa.

A quantidade e o período indicado para o consumo dos antibióticos dependerá da gravidade da lesão e das condições gerais de saúde do paciente.

Em casos de episódios repetidos da infecção, o médico pode receitar ainda antibióticos de longo prazo para prevenir futuras infecções.

Terapias compressivas

A depender da gravidade e da localização da erisipela, o uso de terapias compressivas (como botas de Unna e meias de compressão) costuma ser útil para reduzir a pressão no local da lesão.

Assim, contribui também para a redução da dor, acelerando o processo de cicatrização.

Deve ter uma boa indicação e ser monitorado com frequência, diminuindo o intervalo das trocas ao longo do tempo.

Em casos graves, é preciso associar a terapia compressiva com um produto que trate a infecção local, principalmente quando existirem feridas abertas.

Analgésicos

A redução da dor é fundamental para o paciente ir retomando sua qualidade de vida enquanto realiza o tratamento da erisipela na perna.

Para isso, o médico pode receitar analgésicos como dipirona e paracetamol. 

Em casos mais graves podem ser prescritas medicações controladas. 

Repouso e elevação das pernas

O tratamento da erisipela envolve ainda os cuidados do paciente em casa, fazendo repouso e mantendo as pernas elevadas conforme orientação médica.

O uso de bolsas frias na região da lesão também é indicado para o alívio da dor local.

Controle das condições gerais de saúde do paciente

O sucesso do tratamento da erisipela na perna dependerá também de uma análise geral do paciente, para identificar as possíveis causas que levaram à doença.

Do contrário, o paciente pode vir a sofrer novamente com este problema, mesmo depois do tratamento ter dado resultado inicialmente.

Desbridamento da ferida

Em casos de lesões com necrose, o médico deve recomendar o desbridamento da ferida, que é a remoção do tecido morto para permitir a cicatrização da pele.

Quais as principais causas da erisipela?

A erisipela é uma forma superficial de celulite, uma infecção bacteriana potencialmente grave que afeta a pele.

Ela é mais comum em casos de:

  • Diabetes
  • Doenças venosas
  • Doenças crônicas de pele, como psoríase
  • Deficiência imunológica
  • Obesidade
  • Gravidez
  • Alcoolismo
  • Rupturas na barreira da pele devido a picadas de insetos
  • Episódios anteriores de erisipela
  • Feridas cirúrgicas
  • Radioterapia
  • Lesão anterior

Como é diagnosticada a erisipela?

O diagnóstico de erisipela envolve, em primeiro lugar, a avaliação dos sintomas visíveis, como bolhas, feridas ou erupções cutâneas.

O médico vai analisar também o histórico de saúde do paciente para procurar as possíveis causas e complicações que estão impedindo a cura da doença.

Para isso, ele solicitará um exame de sangue para procurar sinais de infecção e fazer a cultura sanguínea para identificar os tipos de bactérias que causaram o problema.

Quais os sintomas da erisipela?

A erisipela é caracterizada clinicamente por placas brilhantes, elevadas, endurecidas e sensíveis com margens distintas, podendo se apresentar em forma de bolhas.

Seus principais sintomas são:

  • Febre alta
  • Mal-estar
  • Calafrios
  • Fadiga
  • Dores de cabeça
  • Tremedeira
  • Vômitos

Erisipela é contagiosa?

Sim. Como a doença é provocada pelo contato com bactérias, a erisipela pode ser contagiosa.

Por isso, é importante um cuidado adicional com quem está auxiliando no tratamento desse paciente, evitando o contato direto da pele com a ferida aberta.

É recomendado também que o portador de erisipela não compartilhe objetos de higiene pessoal com outras pessoas, enquanto estiver acometido pela doença.

O que pode acontecer se não tratar a erisipela corretamente?

Embora sejam raras, as complicações podem acontecer se a erisipela não for tratada rapidamente.

As principais delas são:

  • Inchaço crônico nas pernas 
  • Gangrena
  • Abscesso
  • Infecções repetidas mesmo em locais distantes da lesão
  • Tromboflebite
  • Infecção nas válvulas cardíacas
  • Choque séptico
  • Artrite séptica
  • Tendinite

Como prevenir a erisipela

Você pode também prevenir o surgimento da erisipela mantendo a pele sempre saudável e bem hidratada.

Evite ainda coçar a pele, para que não se formem rupturas propícias para a entrada de bactérias.

Ao sofrer algum arranhão ou corte na pele, inicie os cuidados para a cicatrização o mais rápido possível, para reduzir o risco de infecção.

Esses cuidados envolvem a limpeza correta da ferida e, em casos mais graves, a consulta com um médico especializado.

Seu médico pode ainda prescrever penicilina para cuidados preventivos de longo prazo, para reduzir o risco de infecção recorrente. 

Qual médico devo procurar?

A erisipela, comumente, é tratada pelo médico dermatologista.

Outra possibilidade é buscar o tratamento especializado em feridas, em uma clínica com profissionais de diversas especialidades.

Na Doutor Feridas, por exemplo, contamos com uma equipe de médicos, enfermeiros estomaterapeutas (especialidade em feridas), fisioterapeutas e outros profissionais focados somente no tratamento de feridas.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

12 respostas

  1. Tenho 80 anos e estou com erisipela na perna direita desde agosto de 2022. Já fui medicada com antibióticos e pomada para desbridamento, óleo de girassol e colagenase, porém a ferida nunca sarou totalmente, fica com uma casca que nunca cai. Gostaria de ter um contato do dr. Ferida, moro em Gravatá – PE. Grata Hilda.

  2. olá boa tarde, meu sogro esta com essa infermidade já levamos no medico ja fez tratamento, com bezetacil.
    Mais não obteve resultado.
    Não tem ferida a perna esta enxada e escamosa,e muito escura .
    gostaria de saber se o doutor pode nos dar uma orientacçao de como cuida.

    1. Olá Elaie tudo bem ? Espero que sim , no seu caso eu não consigo fazer essa analise somente pela discrição, sugiro a você a fazer uma avaliação medica presencial conosco, caso tenha interesse pode nos contactar pelo nosso WhatsApp (11)961817880

    1. Olá Margali tudo bem ? Espero que sim , no seu caso eu não consigo fazer essa analise somente pela discrição , sugiro a você a fazer uma avaliação medica presencial conosco, caso tenha interesse pode nos contactar pelo nosso WhatsApp (11)961817880.

  3. Boa noite Dr.
    Meu nome é ailton, tenho esse problema de irisepela, mas graças a Deus em um dos pés já está bem fechado, e em outro pé está fechando uma ferida que abriu através de uma bola, saiu toda secreção, tds os dias fazendo curativo, hoje aparece tendão, até passei por uma médico especialista, a médica falou que o tendão está com mau cheiro, a enfermeira que vem fazer curativo falou que não o devido cheior é de uma placa com remédio chamada aquaceu ela fica gelatinosa faz seu trabalho na ferida está fechando, o peito do pé está um pouco inchado, até expliquei a médica que devido força que faço por cauda que operei do femo é faço força para levantar um exercícios, gostaria de saber sobre essa inchaço a médica sugeriu que operace uma parte do dentao.

    1. Olá Ailton tudo bem ? como você já esta em tratamento precisaria fazer uma avaliação da ferida para te auxiliar, poderia nos contactar por nosso whatsapp (11)96181-7880 , Aguardo retorno !!

  4. Estou com erisipela, fui atendido no Hospital aqui em Campo Limpo Paulista e tomando 10 injeções q deverá terminar em 3 dias. Porém minhas pernas continuam muito inchadas , ambas na totalidade. Gostaria de uma avaliação presencial. Tem atendimento na região Jundiaí, no caso.

    1. Olá! Desde já, quero te parabenizar por ter feito contato conosco. Foi uma EXCELENTE DECISÃO, pois temos um índice enorme de casos resolvidos e pacientes satisfeitos no que diz respeito à cicatrização de feridas, e certamente poderemos fazer o mesmo por você e sua família!

      Informações sobre tratamento só podem ser passadas pelo Médico APÓS uma avaliação inicial. Neste caso, peço que entre em contato conosco pelo whatsapp ( https://wa.me/5511941514094 ) para que possamos agendar essa avaliação, ok?

  5. Bom dia, peguei irisipela a 20 dias já terminei o medicamento mas meu tornozelo ainda continua um pouco inchado.

    1. Olá! Desde já, quero te parabenizar por ter feito contato conosco. Foi uma EXCELENTE DECISÃO, pois temos um índice enorme de casos resolvidos e pacientes satisfeitos no que diz respeito à cicatrização de feridas.
      Sou da aréa comercial da empresa, apresento os serviços da clínica, não posso dar informações técnicas de tratamento.
      Neste caso, peço que entre em contato conosco pelo whatsapp ( https://wa.me/5511947220946) para que possamos agendar uma avaliação, ok?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

oito + dois =

doutor-feridas-marca

Agende agora uma Consulta com um Especialista em Feridas

Temos especialistas em todo Brasil para atendimento em nossas clínicas ou em domicílio

doutor-feridas-marca

Agende agora uma consulta com um Especialista em Feridas​!

Temos especialistas em todo Brasil para
atendimento em nossas clínicas ou em
domicílio.

Aceitamos PIX, cartão ou boleto. Pagamento facilitado.