fbpx

Pode usar água oxigenada em feridas?

Pessoa passando água oxigenada em ferida na mão

Por incrível que pareça, nossas mães não estavam certas ao passar água oxigenada nas feridas quando sofríamos algum acidente.

Na verdade, este é um dos vários mitos que precisam ser quebrados para que as feridas possam ser cicatrizadas da forma mais rápida e segura possível.

Por que não usar água oxigenada em feridas?

O peróxido de hidrogênio, conhecido como água oxigenada, é um antisséptico tópico com um alto poder bactericida.

Porém, ao aplicar água oxigenada nas feridas, ela não elimina somente os micro-organismos, mas também mata as células importantes para a regeneração da pele e para o sistema imunológico.

Além disso, em casos de determinados tipos de bactérias, como a Pseudomonas aeruginosa, o peróxido de hidrogênio pode não ser tão efetivo. 

Ou seja, em vez de ajudar, a água oxigenada vai prejudicar a cicatrização.

Devo usar outros tipos de antissépticos em feridas?

É muito comum também que se utilize o álcool em ferimentos. Alguns médicos, inclusive, costumam indicar o uso de antissépticos nas feridas, como o PVPI e a clorexidina.

Mas, na verdade, na absoluta maioria dos casos, não é recomendado o uso de nenhum desses antissépticos para limpar e tratar feridas.

Vários estudos mostraram que antissépticos, como o PVPI e a clorexidina, trazem malefícios para a cura da lesão, pois impedem o crescimento de duas células essenciais para a cicatrização: o fibroblasto e o queratinócito. 

Além disso, já ficou comprovado que o uso do PVPI de forma crônica na ferida pode aumentar as taxas de iodo na corrente sanguínea, expondo o paciente a uma alta dose capaz de provocar problemas renais, da tireoide e outros.

Devo usar pomadas antibióticas em feridas?

Além da água oxigenada em feridas, o uso indiscriminado de pomadas antibióticas também não é recomendado, pois ao longo do tempo é comum que as bactérias criem resistência e se torne ainda mais difícil combater a infecção.

O que posso usar para limpar uma ferida?

Em primeiro lugar, ao se machucar você deve avaliar se é um ferimento superficial ou mais complexo.

Sendo um corte superficial, pode ser realizado o seguinte procedimento:

  • Lave bem as mãos antes de tocar a ferida;
  • Aplique soro fisiológico (morno, de preferência) na ferida. Ou se não tiver soro, use água corrente (sem sabão);
  • Aplique um creme barreira em torno da ferida para impedir a entrada de vírus, bactérias e outros micro-organismos que causam infecção;
  • Cubra a ferida com um curativo não aderente, como a gaze;
  • Repita esse mesmo procedimento ao longo do dia e verifique se existe evolução na cicatrização.

Não evoluindo em até duas semanas, procure um profissional especializado em feridas, pois pode haver algum tipo de doença associada que está impedindo a cicatrização.

Sem tratar a causa, será impossível promover a cicatrização. E quanto mais tempo a ferida fica aberta, maiores são os riscos de infecção.

E como limpar uma ferida complexa que não cicatriza?

Em qualquer tipo de ferida crônica (como úlceras venosas e arteriais) ou feridas profundas, você deve procurar um profissional especializado, pois existem diversos fatores que precisam trabalhar em conjunto para promover a cicatrização.

É verdade que a ferida precisa ficar aberta para respirar?

Aproveitando que já estamos aqui falando dos mitos e verdades do tratamento de feridas, também não procede a crença de que a ferida precisa ficar aberta para “respirar”.

Na verdade, sem uma cobertura, a ferida fica ainda mais exposta à infecção por bactérias, o que pode causar um problema muito mais grave.

O que o paciente deve fazer é utilizar curativos não aderentes específicos para acelerar o processo de cicatrização, conforme orientação profissional.

Qual é o profissional especializado em tratamento de feridas?

O profissional mais indicado para recomendar a melhor forma de limpar e  tratar uma ferida é o enfermeiro estomaterapeuta.

Em casos de feridas complexas, é recomendável a busca por uma clínica especializada em feridas, pois o paciente pode contar com uma equipe diversificada para atuar no processo de cicatrização.Aqui na Doutor Feridas, por exemplo, nós temos uma equipe multidisciplinar com médicos, enfermeiros estomaterapeutas, fisioterapeutas, podólogos e outros profissionais focados somente no tratamento de feridas.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × 3 =

doutor-feridas-marca

Agende agora uma Consulta com um Especialista em Feridas

Temos especialistas em todo Brasil para atendimento em nossas clínicas ou em domicílio

doutor-feridas-marca

Agende agora uma consulta com um Especialista em Feridas​!

Temos especialistas em todo Brasil para
atendimento em nossas clínicas ou em
domicílio.

Aceitamos PIX, cartão ou boleto. Pagamento facilitado.