fbpx

6 tipos de curativos para feridas abertas

Enfermeiro aplicando curativo para ferida aberta no ombro do paciente

A escolha do curativo para ferida aberta vai variar conforme a natureza da lesão e os estágios de cicatrização.

Para feridas mais complexas e de cicatrização lenta, é necessário o uso de curativos especiais, conforme orientação médica.

Conheça, a seguir, os principais tipos de curativos e em quais situações eles são recomendados.

A ferida deve ficar coberta ou descoberta?

Você já deve ter ouvido alguém dizer que a sua ferida precisa ficar aberta para poder respirar, certo? Esqueça isso.

Na verdade, a ferida precisa ficar coberta, para proteger da invasão de bactérias que podem levar à infecção da lesão.

O melhor meio da sua ferida “respirar” é promover a formação de vasos sanguíneos em torno dela, o que só é possível quando ela está coberta.

Os tipos de curativos para feridas abertas

Esses são os principais tipos de curativos para utilizar em feridas abertas e devem ser utilizados seguindo a prescrição médica ou de um enfermeiro estomaterapeuta.

Alginato de cálcio

O alginato de cálcio é uma cobertura utilizada em lesões crônicas para a absorção do exsudato e a melhora da coagulação sanguínea em torno da ferida.

Isso é necessário porque, se o exsudato não for controlado, ele pode se tornar um meio para a proliferação de bactérias, aumentando o risco de infecção.

Caso a ferida já tenha sinais de infecção (como o odor forte e o aspecto esverdeado), o uso do alginato só é recomendado se for combinado com a prata.

Ao aplicar o curativo, deve-se cobri-lo com uma gaze. E quando ela ficar úmida, é sinal que atingiu a capacidade de absorção e o curativo deve ser trocado.

Hidrocoloide

O curativo hidrocoloide é normalmente indicado para feridas de queimaduras de primeiro ou segundo grau e úlceras.

É um curativo autoadesivo com aspecto gelatinoso que ajuda a ferida a cicatrizar em ambiente úmido, absorvendo o excesso de exsudato.

Ele pode ser aplicado também na prevenção de úlceras por pressão, se houver recomendação de um profissional habilitado.

Normalmente é recomendado para lesões com exsudação leve ou moderada. Porém, não costuma ser indicado para feridas profundas ou infectadas.

Hidrogel

O hidrogel é uma boa opção para feridas secas com pouco ou nenhum exsudato, pois ele ajuda a adicionar umidade e romper o tecido seco e morto, facilitando a cicatrização. 

Esse tipo de curativo para ferida aberta também pode ser utilizado em lesões que são exageradamente dolorosas ou que estejam necrosadas, assim como em queimaduras de segundo grau.

Muitos desses curativos têm um gel refrescante que ajudam a aliviar a dor e a acelerar a cicatrização.

Colágeno

O curativo de colágeno tem a função de agir removendo do leito da ferida as metaloproteases, que são substâncias que impedem a formação do tecido cicatricial.

Além disso, ajuda a remover o tecido desvitalizado e estimular a formação de vasos sanguíneos para acelerar a cicatrização.

Costuma ser indicado para feridas crônicas e cirúrgicas, queimaduras ou em lesões que cobrem uma grande área do corpo.

Espuma

Os curativos de espuma são uma alternativa segura à gaze e costumam ser mais úteis nos estágios iniciais da cicatrização.

A espuma ajuda a acelerar a cicatrização, pois mantém a ferida selada e reduz, assim, a perda de sangue em torno da lesão.

Esses curativos são bastante macios e absorventes, evitam que o exsudato que sai da lesão acabe umedecendo a pele em volta da ferida provocando maceração.

Os curativos de espuma têm uma grande variedade de formas e tamanhos, em opções adesivas ou não.

São disponibilizados com substâncias que tratam a infecção das feridas como prata, polihexanida e dialquilcarboila.

Filme transparente

Os curativos transparentes são muito utilizados para monitorar a cicatrização das feridas, já que são cobertas por um filme transparente.

São curativos flexíveis, respiráveis e impermeáveis a bactérias, ajudando a manter a ferida limpa e protegida.

A vedação firme permite que o processo natural de cicatrização ocorra por baixo do curativo.

Porém, não absorvem tão bem o sangue ou o exsudato, o que pode levar mais tempo para a cicatrização de feridas profundas ou infeccionadas.

São usados para fixação de curativos ou para prevenção das lesões por pressão quando aplicados em áreas de proeminência ósseas, pois evitam a fricção local.

Quando utilizar os curativos não aderentes para tratamento de feridas?

Os curativos não aderentes são telas sintéticas impregnadas com solução oleosas que não vão deixar “grudar” na lesão.

Esses curativos são utilizados em feridas granuladas e limpas já no último estágio da cicatrização. 

Com isso, é possível manter a lesão hidratada e uma retirada do curativo sem remover o tecido que está sendo formado em torno da ferida. 

Existem várias apresentações de curativos não aderentes no mercado, com parafina, petrolato e com AGE. 

Uma alternativa barata para você obter o mesmo resultado é improvisar com um tecido chamado raiom e o óleo AGE.

Ou seja, você pode comprar esse tecido, aplicá-lo na ferida e umedecê-lo em seguida com o óleo AGE.

Quais cuidados você deve ter ao utilizar e trocar os curativos?

  • Procure orientação médica ou de um enfermeiro estomaterapeuta para indicar o melhor curativo para a sua ferida aberta;
  • Siga a orientação deste profissional quanto ao intervalo de troca desse curativo para ferida aberta;
  • Sempre higienize muito bem as mãos antes de manusear o curativo;
  • Não reutilize materiais descartáveis no processo de tratamento da ferida;
  • Não utilize sabão, água oxigenada ou qualquer remédio caseiro para limpar a ferida, mas sim soro fisiológico morno ou água corrente;
  • Nunca tente fazer um curativo por conta própria em feridas abertas, profundas, crônicas ou infeccionadas.

Precisa de ajuda para encontrar tratamento especializado?

A rede de clínicas Doutor Feridas conta com uma equipe multidisciplinar formada por médicos, enfermeiros estomaterapeutas, podólogos e fisioterapeutas especializados no tratamento de feridas.

Nossos atendimentos são realizados nas nossas clínicas, em domicílio e também via telemedicina, indicando em seguida um profissional parceiro próximo à sua localidade.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

13 respostas

  1. Prezado Dr. Evandro. Tive uma reação alérgica ao vapor do cozimento de camarão em meu pescoço, que evoluiu para uma ferida aberta de 1,5 cm de diâmetro. Erroneamente, talvez por precária formação, a dermatologista me orientou a “não cobrir para criar a casquinha” e utilizar a pomada Kollagenase. Como ela não regrediu, resistindo a uma cicatrização acabei, por insistência ao telefone, retornando a consulta, qdo então fui orientado a fazer uma debridaçao com gaze após o banho. Não obtive sucesso. Tudo ficou pior. Preciso de uma indicação de um profissional em Juiz de Fora q entenda de feridas. Pode me indicar alguém?

  2. Boa tarde! Gostaria de saber sobre a capacitação no tratamneto de feridas para profissionais de saúde , desde já agradeço.

  3. Boa tarde Dr! Meu irmão tem uma ferida aberta úlcera embaixo do pé. Quero ajudá-lo como faço ? Obrigada! Ana de Campo Grande MS

    1. Olá Ana tudo bem ? Poderia nos contactar pelo WhatsApp (11)96181-7880 para agendarmos uma consulta presencial ou virtual. Assim consigo avaliar melhor seu caso. Aguardo retorno !

  4. Dr.Evandro minha mãe fez uma cirurgia de retirada de vesícula deu uma infecção hospitalar, ela passou 5 meses hospitalizada quando o médico cirurgião deu alta pra ela e mandou ela pra casa em uma cirurgia de segunda intenção, era uma ferida profunda de câncer uma mão toda do médico dentro, desde novembro venho fazendo os curativos está quase sarada mais apareceu as fibrinas que desacelerou a cura, hoje falta menos de um dois centímetros para fechar, mais não estou tendo hesito por favor pode me orientar.
    Obrigada me chamo Silvia e moro em Manaus Amzonas

    1. Bom dia, tudo bem ?
      Temos que avaliar como está, para indicar o tratamento correto.
      Entre em contato no nosso whatsapp, que marcaremos uma teleconsulta pra você +55 11 94151-4094, será um prazer te ajudar.

  5. Boa noite!

    Podes me orientar sobre uma escara no calcanhar de meu marido que não sara? Ele é diabético. Depois que fez uma cirurgia de fratura de fêmur desenvolveu uma bolha que estourou e não sara. Já faz mais de 2 meses

    1. Olá! Desde já, quero te parabenizar por ter feito contato conosco. Foi uma EXCELENTE DECISÃO, pois temos um índice enorme de casos resolvidos e pacientes satisfeitos no que diz respeito à cicatrização de feridas, e certamente poderemos fazer o mesmo por você e sua família!

      Informações sobre tratamento só podem ser passadas pelo Médico APÓS uma avaliação inicial. Neste caso, peço que entre em contato conosco pelo whatsapp ( https://wa.me/5511941514094 ) para que possamos agendar essa avaliação, ok?

  6. Olá, boa noite!
    Meu nome é Darlene, venho pedir ajuda para minha mãe, a mais de 10 anos vive com uma doença que se chama Iricipela, faz tratamento no posto de saúde, chegou a melhorar, fechou a ferida , mas com o tempo abriu novamente e agora parece estar pior , o que fazer ? Não como ajudar com um tratamento, desde agradeço a atenção!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 + seis =

plugins premium WordPress
doutor-feridas-marca

Agende agora uma Consulta com um Especialista em Feridas

Temos especialistas em todo Brasil para atendimento em nossas clínicas ou em domicílio

doutor-feridas-marca

Agende agora uma consulta com um Especialista em Feridas​!

Temos especialistas em todo Brasil para
atendimento em nossas clínicas ou em
domicílio.

Aceitamos PIX, cartão ou boleto. Pagamento facilitado.