fbpx

Ferida infeccionada: como identificar e tratar

Curativo para ferida infeccionada

Qualquer tipo de ferida aberta corre o risco de infeccionar, devido ao risco maior de proliferação de bactérias e outros micro-organismos. 

Por isso, é importante conhecer os sinais de ferida infeccionada para tratar da melhor maneira possível e de forma ágil, antes que se torne um problema mais sério.

Como saber se minha ferida está infeccionada?

O primeiro passo é olhar atentamente a região afetada. Observe a ferida, se a pele ao seu redor está avermelhada. 

A região em volta da ferida está quente? O leito da ferida apresenta coloração esverdeada ou amarelada? Existe dor ao tocar a região ferida? Se houver algum desses sintomas, a ferida provavelmente está infeccionada. 

A existência de pus ou secreção, principalmente de cor amarelada ou esverdeada e mais espessa, também é um indicativo de infecção. 

É normal que algumas feridas apresentem secreção, mas esta é fluida e de cor clara. Porém, não necessariamente uma ferida que não apresenta pus deixa de estar infeccionada. A diferença está apenas na evolução deste ferimento. 

Assim, havendo qualquer uma destas condições, a recomendação é que se procure ajuda médica o quanto antes, pois existem formas específicas de tratar cada tipo de ferida. 

A presença de um líquido na ferida, conhecido como exsudato, costuma ser normal. Mas dependendo do aspecto desse exsudato, pode indicar também um problema mais sério.

Se houver ataduras ou bandagens, manipule-as com as mãos limpas protegidas por luvas. Para isso, existem soluções específicas para limpeza de feridas à base de polihexanida.

Atenção: Não se deve usar rotineiramente álcool e antissépticos.

Se a atadura estiver colada ao local da ferida, pode utilizar água fervida e morna para auxiliar na remoção. 

É muito importante lavar as mãos antes de tocar a ferida e descartar qualquer curativo que esteja sendo utilizado. Evite materiais que deixem fiapos na ferida, como algodão e alguns tipos de gaze. 

O que fazer quando uma ferida infecciona?

O mais importante, no caso de ter uma ferida infeccionada, é não recorrer à automedicação

Evite tocar a ferida, para afastar o risco de contaminação e infecção em outras partes do corpo. 

E procure imediatamente um médico para o tratamento correto e o uso de curativos adequados o quanto antes, evitando que a infecção avance e chegue a outras partes do corpo.

Como é o tratamento de ferida infeccionada?

O tratamento de uma ferida infeccionada leva em conta o estado da ferida e o quanto a infecção já avançou.

Além disso, é preciso verificar o quanto de tecido morto precisa ser retirado e a quantidade de pus e outras secreções na ferida. 

Geralmente são prescritos medicamentos oraisantibióticos – e curativos com ação antimicrobiana, sendo os mais utilizados aqueles associados com prata ou polihexanida. 

Manter a ferida sempre limpa e com o curativo correto também é importante para auxiliar a cicatrização da ferida e na reconstituição dos tecidos afetados. 

A duração do tratamento será determinada pelo médico e pode variar de pessoa para pessoa. 

Outras doenças que o paciente possa ter e que interferem no sucesso do tratamento, como diabetes, problemas imunológicos e circulatórios, também devem ser tratadas para colaborar com a recuperação da ferida infeccionada. 

Como sempre reforçamos, não adianta tratar somente a ferida, mas sim a origem do problema.

Posso tratar a ferida infeccionada sozinho?

Não é recomendado tratar a ferida por si. A automedicação é uma das grandes inimigas da cura de uma ferida. 

O uso de pomadas inadequadas e de remédios por conta própria, além de não resolver o problema, pode dificultar o tratamento correto. 

Por este motivo, ao notar os primeiros sinais de infecção na ferida ou se a cicatrização demorar a acontecer, deve-se procurar atendimento médico. 

Quais feridas são mais propensas a infeccionar?

Aquelas que são causadas por instrumentos ou superfícies com maior probabilidade de estarem infectadas, como facas, tesouras, choque com o solo, mordidas de animais. 

Bactérias vivem naturalmente nas superfícies, até mesmo sobre a pele, e uma lesão apenas faz com que elas entrem em contato com a corrente sanguínea e os tecidos, abrindo a possibilidade de ocorrer uma infecção. 

Existem mais riscos de infecção também nas feridas que permanecem descobertas, ou em pacientes com doenças que possam afetar a defesa imunológica ou em tratamentos com medicamentos como corticoides ou quimioterápicos

Existem grupos mais vulneráveis à infecção?

Qualquer pessoa pode ter uma ferida infeccionada. 

No entanto, algumas pessoas estão mais propensas a isto, quando já tem alguma doença pré-existente, como diabetes e problemas circulatórios, ou outras doenças que dificultam a cicatrização da ferida

Estresse e outros fatores que deixam o sistema imunológico enfraquecido temporariamente também podem facilitar a infecção de uma ferida, uma vez que o organismo terá mais dificuldade de combater as bactérias que se proliferam no leito da lesão. 

Por este motivo, feridas que demoram a cicatrizar devem ser observadas atentamente. Se não houver evolução, procure atendimento médico para evitar o agravamento da infecção. 

Como fazer o curativo de uma ferida infeccionada? 

Tudo depende da evolução do ferimento. Se a infecção estiver no início, é preciso manter a ferida limpa. 

Use soro fisiológico morno. O ideal é que seja feita por um profissional com a utilização de uma pressão no leito da ferida. 

Além disso, não se deve usar água e sabão. Existem substâncias específicas à base de polihexanida para combater a infecção. 

Remova também qualquer resquício de sujeira, pus e secreções e aplique sobre a ferida o curativo antimicrobiano prescrito pelo especialista. 

No caso de a infecção estar em um estágio mais severo, mesmo o curativo deverá ser feito com auxílio profissional. 

Neste caso, o atendimento médico dará todas as instruções quanto ao tratamento e às trocas de curativos. 

Geralmente, estes cuidados incluem manter a ferida limpa e com a pele em volta da ferida seca para evitar que ela fique úmida e a ferida aumente de tamanho. Existem cremes barreiras protetoras que podem ser aplicados na pele em volta. 

Sempre se deve higienizar as mãos antes do contato com a ferida, que deve ser somente para limpeza e troca dos curativos. 

Use somente o que for recomendado pelo médico. Ao contrário do que aprendemos desde a infância, não use álcool ou água oxigenada na ferida, uma vez que estes produtos também podem dificultar a cicatrização.

Tratar uma ferida infeccionada é de extrema importância para evitar que o problema se agrave e possa ficar mais difícil de tratar. 

Fique sempre atento também à evolução da ferida, ou seja, se ela começa a cicatrizar, se muda de cor, se tem secreção ou se há calor na região.

E caso a lesão não melhore ou a recuperação seja lenta demais, com qualquer dos sintomas descritos neste artigo, procure um médico o quanto antes. 

Qual médico procurar para tratar a infecção na ferida?

Existem diversos médicos e enfermeiros capacitados a tratar esses e outros tipos de feridas.

A recomendação é que você procure na sua cidade uma clínica especializada em tratamento de feridas, pois assim é mais garantido que esses profissionais examinarão você como um todo, e não apenas fazer um curativo superficial na ferida.

Na rede de clínicas Doutor Feridas, temos um time completo formado por médico, profissionais da enfermagem e fisioterapeutas para atuar de forma estratégica na aceleração da cicatrização.

Oferecemos também o atendimento via telemedicina, em que analisamos a sua lesão e recomendamos um prestador mais próximo com as instruções necessárias para fazer o tratamento.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

20 respostas

  1. Boa tarde tenho uma ferida um pouquinho acima do tornozelo faz uns faz uns 9 meses não aumentou mas cinto muita queimação e informigame tô de baixo dos dedos dos dois pés sendo que a ferida e no esquerdo tenho diabetes tipo 2 e mau circulação precisa de uma sugestão de vcs desde já agradeço vcs se podem me
    ajudar . obrigado fico no aguardo a resposta.

    1. Olá Antonio tudo bem ? Espero que sim , no seu caso eu não consigo fazer essa analise somente pela discrição , sugiro a você a fazer uma avaliação medica presencial conosco, caso tenha interesse pode nos contactar pelo nosso WhatsApp (11)961817880.

  2. Oi me machuquei em um acidente curo a ferida mais depois nasceu uma bolha saiu o líquido mais agora só sai sangue ela não doi mais coça muito . Só fico aliviada quando faz curativo na ferida !

    1. Olá Raniele, você fala de qual local ? para te auxiliar precisaria de uma avaliação presencial, poderia nos contactar por nosso whatsapp (11)96181-7880 , Aguardo retorno !!

  3. Boa noite, meu filho caiu e feriu o joelho, até aí tudo bem, machucado pequeno, mas ele foi jogar bola e machucou o mesmo local, agora está com pus e muito inchado, faço a limpeza três vezes no dia,passo pomada,mas não está melhorando. O local onde saí o pus só aumenta. O que seria bom passar? Espero que possa me ajudar, obrigada!

  4. Bom dia!
    Eu lei um tombo ao correr na calçada e machuquei os dois joelhos tem aproximadamente um mês. O da esquerda está cicatrizado, o da direita demorou mais até por ter ralado bem mais que o outro. Durante a cicatrização a ferida ficou amarelada e foi diminuindo aos poucos. Demorou tanto que conforme ela ia soltando a sua volta, eu cuidadosamente ia contando com a tesoura o seu retorno solto. Agora depois da fase da ferida ter finalizado, surgiu no tecido duas elevações, como se fossem bolhas. E quando aperto incomoda chegando a até doer um pouco. O que fazer?

    1. Bom dia, tudo bem ?
      Temos que avaliar como está, para indicar o tratamento correto.
      Entre em contato no nosso whatsapp, que marcaremos uma teleconsulta pra você +55 11 94151-4094, será um prazer te ajudar.

  5. Boa tarde doutor,estou com uma ferida no queixo,já fui a dois médicos clínicos e foi passado o primeiro passou amoxicilina clavulanato e ibuprofeno, e não surtiu efeito,o outro médico passou Nebacetin e, cefalexina e ibuprofeno já tem 5 dias que estou tratando e ainda está aberta,o que o senhor me sugere? Obrigado pela atenção.

    1. Bom dia, tudo bem ?
      Temos que avaliar como está, para indicar o tratamento correto.
      Entre em contato no nosso whatsapp, que marcaremos uma teleconsulta pra você +55 11 94151-4094

  6. Boa noite, me chamo ladimar moro no municipio de floresta do araguaia Pará.
    Meu esposo criou um calo d’agua no dedo mindinho e esse calo se infeccionou e virou uma ferida muito grande
    Já está fazendo quase um ano tomou vários antibióticos e nada de sarar por favor me ajude como devo proceder

    1. Bom dia, tudo bem ?
      Temos que avaliar como está, para indicar o tratamento correto.
      Entre em contato no nosso whatsapp, que marcaremos uma teleconsulta pra você +55 11 94151-4094

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

10 + 14 =

plugins premium WordPress
doutor-feridas-marca

Agende agora uma Consulta com um Especialista em Feridas

Temos especialistas em todo Brasil para atendimento em nossas clínicas ou em domicílio

doutor-feridas-marca

Agende agora uma consulta com um Especialista em Feridas​!

Temos especialistas em todo Brasil para
atendimento em nossas clínicas ou em
domicílio.

Aceitamos PIX, cartão ou boleto. Pagamento facilitado.