fbpx

Ferida no pé que coça: quais são as causas e o tratamento

Menino sofre com ferida no pé que coça e não consegue cicatrizar

Uma ferida no pé que coça pode ter várias causas diferentes.

Essa coceira é conhecida na área da saúde como prurido e é possível que esteja relacionada a condições como:

  • Desidrose;
  • Psoríase; 
  • Micoses;
  • Alergias;
  • Neuropatias;
  • Insuficiência Venosa Crônica;
  • Bicho Geográfico. 

Desidrose

Conhecido também como eczema disidrótico, a desidrose é uma condição em que existe formação de bolhas com líquidos nas extremidades dos dedos e pés

Sua causa é desconhecida e pode estar associada a dermatite atópica ou alérgica. 

Os principais sintomas são:

  • Bolhas pequenas nas laterais dos dedos, palmas das mãos ou sola dos pés;
  • Coceira intensa e descamação das bolhas;
  • Dor nas bolhas ou ao redor;
  • Umidade excessiva em torno da área da pele afetada;
  • Pele seca ou rachada depois que as bolhas desaparecem.

Psoríase

A psoríase é caracterizada pela presença de manchas que “descamam” a pele. 

É uma doença crônica que não tem um tratamento específico, mas que pode ser controlada. 

O principal sintoma são manchas róseas ou avermelhadas cobertas por descamações que, geralmente, provocam coceiras.

Não tem uma causa definida e é considerada como uma doença auto imune.

Não existe uma predisposição por sexo ou idade, atingindo na mesma proporção pessoas de todos os perfis. 

As crises de psoríase podem estar associadas a diferentes fatores, entre eles exposição a substâncias químicas, medicações, infecções, uso de drogas e até mesmo estado emocional. 

Essa doença pode atingir diversas partes do corpo, incluindo os pés. 

O tratamento visa o controle das crises (exacerbações) e deve ser feito com tratamento tópico e sistêmico prescrito pelo médico responsável.                                            

Micoses

As micoses são lesões provocadas por fungos. 

É uma das principais causas de ferida no pé que coça, principalmente entre as regiões dos dedos. 

A micose pode atingir diferentes pessoas e é mais comum em pacientes diabéticos, imunossuprimidos ou em tratamento com medicações como quimioterapia, antibióticos e corticoides.

Podem ocorrer também em pessoas que deixam o pé frequentemente úmido. É por isso que a famosa frieira é conhecida como pé de atleta. 

Esse nome se dá por causa da transpiração de pé dos atletas de provas longas, que acaba por estimular o aparecimento dessas lesões.

São caracterizadas na fase inicial por coceira intensa. E, com a evolução, podem provocar perda da pele e provocar uma ferida extremamente dolorosa. 

O tratamento para casos leves constitui a aplicação de produtos antimicóticos prescritos pelo médico.

Mas nos casos de difícil controle necessita de tratamento sistêmico com medicações orais ou até mesmo o tratamento a laser para micoses.

O ferimento também pode servir de porta de entrada para infecções secundárias, o que acarretará a necessidade do tratamento com antibióticos. 

Alergias

Alergia pode ser uma outra causa de ferida no pé que coça. 

A manifestação de alergia nos pés, isoladamente, caracteriza que o agente causador da alergia é local, e não sistêmico.

Sendo assim, na investigação da alergia aos pés, deve-se procurar saber qual o agente provocou a alergia.

Esse causador da alergia pode estar presente em cremes aplicados ou até mesmo no material dos calçados e meias. 

O diagnóstico deve descartar outras causas e tentar identificar esse agente que provocou a alergia para retirá-lo. 

Após o diagnóstico, devem ser introduzidos pelo médico cremes ou pomadas com efeitos anti-histamínicos ou corticoides

Neuropatias

Muito presente no diabetes e na hanseníase, a neuropatia é uma condição que acomete o sistema nervoso periférico. 

Pode ser uma situação que provoca essa coceira nos pés e deve ser investigada. 

Além da coceira nessas situações, outros sintomas vão estar presentes, entre eles o ressecamento e a perda de sensibilidade

Para impedir a progressão, o ideal é descobrir a causa e tratar.

No diabetes o tratamento correto consiste em evitar altas taxas de glicose na corrente sanguínea.

Em casos de manchas e perdas de sensibilidade, a hanseníase deve ser investigada com exames específicos para que o tratamento seja iniciado de forma precoce, a fim de evitar a progressão da doença e seus efeitos mutilantes. 

Insuficiência Venosa Crônica

A Insuficiência Venosa Crônica é uma doença caracterizada por uma incapacidade das veias da perna em bombear o sangue em direção ao coração. 

As principais condições que levam o paciente a apresentar insuficiência venosa são: 

  • Obesidade;
  • Múltiplas gestações; 
  • Trauma nas pernas;
  • Profissões que levam as pessoas a permanecer longos períodos de tempo em pé. 

A sobrecarga nas veias é devido ao aumento da pressão nas veias saltadas. 

Essa dilatação acaba provocando extravasamento de sangue na pele do paciente, provocando úlceras venosas

Esse sangue acumulado tem grande quantidade de fibroblastos que se acumulam provocando a coceira. 

Essa situação geralmente é acompanhada de uma vermelhidão e descamação na pele, conhecida como eczema de estase. 

O ponto chave do tratamento é a compressão das pernas, que pode ser feita com bandagens específicas ou meias elásticas apropriadas. 

Mas, além disso, o paciente deve ser tratado com medicações flebotônicas e ser orientado que mantenha as pernas para cima quando estiver em repouso. 

A aplicação de cremes histamínicos também é benéfica e é esse conjunto de fatores que vai levar a uma melhora do quadro. 

É preciso se atentar, pois muitas vezes essa condição pode ser confundida com erisipela. 

Porém, a erisipela é uma situação em que, além da hiperemia (aumento de volume sanguíneo), terá a presença de calor local e sinais de infecção como febre e confusão mental no idoso. 

Bicho Geográfico

Mais conhecido como Larva Migrans Cutânea, são larvas que habitam o intestino de cães e gatos contaminados. 

Ao depositar as fezes no solo, os animais tornam esses locais infestados. 

Geralmente as pessoas acometidas por essa doença têm rachaduras ou machucados na pele e, ao pisar em solo contaminado, acabam se contaminando. 

Uma vez infectada a pele, o parasita acaba provocando coceira intensa e lesões que lembram mapas na pele

Por isso, o nome de bicho geográfico. 

O diagnóstico é clínico e, tão logo concluído, devem ser introduzidas medicações que combatam o parasita.

Essas medicações devem ser prescritas por um médico após avaliação. 

Bicho de pé

O bicho de pé é causado por um verme denominado “tunga penetrans”. 

A contaminação se dá através do contato da pele com solos contaminados. 

Esses vermes habitam o intestino de animais infectados que, ao defecar, acabam contaminando o solo 

O tratamento consiste na remoção dessas larvas manualmente e, em alguns casos, é necessária a administração de medicamentos antiparasitários. 

O que fazer caso apresente ferida no pé que coça?

A primeira coisa é procurar por um especialista, que irá lhe ajudar no diagnóstico. 

Tratar a coceira sem diagnosticar a causa é um erro muito comum que pode mascarar a situação e levar a problemas mais graves, como a infecção. 

Após o diagnóstico, é necessário seguir corretamente as orientações e tomar as medicações necessárias. 

Como evitar coceiras nos pés

Como existem vários fatores que provocam o prurido nos pés, nem todas as causas serão evitáveis. 

No geral, é preciso tomar cuidado para:

  • Manter uma boa hidratação dos pés. 
  • Evitar umidade entre os dedos para evitar as micoses. 
  • Evitar uso de meias sintéticas que impedem a transpiração dos pés. 
  • Avaliar constantemente os pés, principalmente nos pacientes de risco como diabéticos e imunodeprimidos. 
  • Evitar andar descalço, principalmente em regiões mais propícias de contaminação como solos, nos casos de idas à praia ou à fazenda. 

Qual médico devo procurar?

Para fazer o diagnóstico, você pode buscar um médico dermatologista.

Outra opção é procurar uma clínica especializada em feridas, com profissionais de diversas especialidades e tratamentos focados em acelerar a cicatrização.

Na Doutor Feridas, nós temos médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, podólogos e outros profissionais especializados em feridas.

Fazemos atendimentos em nossa rede de clínicas ou via telemedicina.

Agende sua consulta.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

13 respostas

  1. Tenho nos meus pés e agora apareceu uma bolinha no meu dedo da mão e coça de mais de mais e fica muito úmido devido a coçeira e incha oqe devo fazer mas essas bolinhas vem e vão eu e minha filha temos elas aparecem depois somem. Passamos um bom tempo sem aí volta de novo oqe devo fazer

  2. Meu pé perto do dedão essa área ressecou e está grossa e descamando fui cosar e virou uma ferida com bolha de pus está doendo de mais oq eu faço oq devo tomar e passar?

    1. Bom dia, tudo bem ?
      Temos que avaliar como está, para indicar o tratamento correto.
      Entre em contato no nosso whatsapp, que marcaremos uma teleconsulta pra você +55 11 94151-4094, será um prazer te ajudar.

      1. Dr tenho feridas emcima do pe me da coceira descama a Pele quandary tomorrow banjo wuente arde bastante tenho Pele Seca nâo tenho diabete

        1. Olá! Desde já, quero te parabenizar por ter feito contato conosco. Foi uma EXCELENTE DECISÃO, pois temos um índice enorme de casos resolvidos e pacientes satisfeitos no que diz respeito à cicatrização de feridas, e certamente poderemos fazer o mesmo por você!
          Neste caso, peço que entre em contato conosco pelo whatsapp ( https://wa.me/5511947220946) para que possamos agendar essa avaliação, ok?

    1. Olá! Desde já, quero te parabenizar por ter feito contato conosco. Foi uma EXCELENTE DECISÃO, pois temos um índice enorme de casos resolvidos e pacientes satisfeitos no que diz respeito à cicatrização de feridas, e certamente poderemos fazer o mesmo por você e sua família!

      Informações sobre tratamento só podem ser passadas pelo Médico APÓS uma avaliação inicial. Neste caso, peço que entre em contato conosco pelo whatsapp ( https://wa.me/5511941514094 ) para que possamos agendar essa avaliação, ok?

    1. Olá! Desde já, quero te parabenizar por ter feito contato conosco. Foi uma EXCELENTE DECISÃO, pois temos um índice enorme de casos resolvidos e pacientes satisfeitos no que diz respeito à cicatrização de feridas, e certamente poderemos fazer o mesmo por você e sua família!

      Informações sobre tratamento só podem ser passadas pelo Médico APÓS uma avaliação inicial. Neste caso, peço que entre em contato conosco pelo whatsapp ( https://wa.me/5511941514094 ) para que possamos agendar essa avaliação, ok?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco − 4 =

plugins premium WordPress
doutor-feridas-marca

Agende agora uma Consulta com um Especialista em Feridas

Temos especialistas em todo Brasil para atendimento em nossas clínicas ou em domicílio

doutor-feridas-marca

Agende agora uma consulta com um Especialista em Feridas​!

Temos especialistas em todo Brasil para
atendimento em nossas clínicas ou em
domicílio.

Aceitamos PIX, cartão ou boleto. Pagamento facilitado.