fbpx

Laserterapia em feridas: como funciona e quais os principais benefícios

Aplicação de laser em ferida

A laserterapia tem sido cada vez mais utilizada com o objetivo de acelerar a cicatrização em feridas crônicas e pós-cirúrgicas, dentre outras.

Isso porque, de forma não invasiva e indolor, esse tratamento é capaz de estimular diversos aspectos do organismo que atuam em conjunto nas fases da cicatrização.

Vamos abordar a seguir como funciona a laserterapia em feridas, bem como quais são os seus principais benefícios, contraindicações e valor médio das sessões.

O que é laserterapia em feridas?

A laserterapia é uma modalidade de tratamento que utiliza laser de baixa intensidade para promover a cicatrização de feridas. 

Neste tipo de tratamento, é possível usar luz vermelha e/ou infravermelha para estimular a proliferação de células na ferida, combater infecções e reduzir a inflamação, dentre outros benefícios.

Como funciona o tratamento de laserterapia em feridas

A aplicação de laser em feridas tem quatro ações principais no organismo, que são fundamentais para acelerar o processo de cicatrização.

1) Bioestimulação

A bioestimulação, também conhecida como fotomodulação, tem como principal finalidade multiplicar as células ao redor da ferida.

Com a aplicação do laser no local com a calibragem correta, essa carga energética faz as células se proliferarem de forma muito mais rápida, auxiliando na cicatrização.

2) Terapia fotodinâmica

A terapia fotodinâmica, por sua vez, descontaminar a ferida e prevenir de infecções provocadas por bactérias, vírus e outros micro-organismos.

Para isso, aplicamos um sensibilizante como o azul de metileno antes da aplicação do laser na ferida.

Em seguida, utilizamos uma quantidade maior de joules no equipamento para provocar uma reação física/química na ferida.

Isso leva à produção de uma substância conhecida como Oxigênio Singleto, que tem uma forte ação antivírus, antifúngica e antibacteriana.

3) Ação analgésica

Na modulação infravermelha, aplicamos o laser na pele em volta da ferida para reduzir a inflamação, reduzindo significativamente a dor no local.

Alguns aparelhos para laserterapia em feridas, como o que utilizamos na Doutor Feridas, permitem  trabalhar com vermelho e infravermelho de forma conjunta, agindo na cicatrização e na melhora da dor ao mesmo tempo.

4) Terapia complementar ILIB

Embora ainda pouco difundida, a terapia complementar ILIB é outra ação importante promovida pela laserterapia na cicatrização de feridas.

Nessa modalidade, a radiação a laser é aplicada direto na corrente sanguínea do pacientes, provocando a redução dos radicais livres e da inflamação no organismo, dentre outros benefícios.

Essa é uma terapia particularmente benéfica para pacientes com doenças orgânicas, como o diabetes, que impactam diretamente na demora da cicatrização.

Em quais casos a laserterapia em feridas é recomendada?

A laserterapia é benéfica para quase todo tipo de ferida, sendo mais indicada para:

Quais os principais benefícios da laserterapia em feridas, com comparação com métodos convencionais?

Como vimos, são vários os benefícios da laserterapia para a cicatrização de feridas, como:

  • Aceleração da cicatrização;
  • Redução da dor;
  • Menor inflamação;
  • Propriedades antibacterianas, reduzindo o risco de infecções;
  • Menor dependência de curativos;
  • Estímulo à circulação sanguínea;
  • Redução de cicatrizes;
  • Menor risco de complicações como alergias e irritações.

Quantas sessões de laserterapia são necessárias no tratamento de feridas?

O número de sessões varia de acordo com vários fatores, como tipo e gravidade da ferida, bem como a resposta individual do paciente ao tratamento. 

Em geral, as feridas mais graves exigem um número maior de sessões para alcançar resultados satisfatórios.

As úlceras de pressão em estágios avançados, por exemplo, podem necessitar de várias sessões semanais para surgirem melhorias significativas. 

Já as feridas pós-operatórias ou abrasões menores costumam exigir menos sessões, talvez até uma única aplicação em alguns casos.

Contraindicações para laserterapia em feridas

A principal contraindicação da laserterapia é para feridas tumorais, pois o laser pode acabar estimulando o crescimento do tumor. 

Ainda assim, dentro da área da oncologia, tem uma utilização muito precisa da laserterapia em pacientes que estão sendo submetidos à quimioterapia e acabam desenvolvendo a mucosite na boca. 

Nestes casos, o laser pode ser utilizado de forma preventiva ou corretiva para auxiliar na cicatrização.

Outra contraindicação é para pacientes com fotossensibilidade, o que torna a pele excessivamente sensível à luz. 

Qual o preço da sessão de laserterapia no tratamento de feridas?

O custo do tratamento pode variar dependendo da localização e do profissional médico. 

No entanto, o preço médio por sessão costuma variar entre R$200 a R$500.

Como encontrar um profissional especializado em laserterapia em feridas?

Como vimos, diversos profissionais podem aplicar o laser em feridas, como médicos, enfermeiros e fisioterapuetas capacitados para isso.

Em clínicas especializadas em feridas como a Doutor Feridas, esse é um tratamento utilizado diariamente nos pacientes, por profissionais devidamente capacitados.

Dúvidas frequentes sobre o tratamento de laserterapia em feridas

Quem pode realizar o tratamento de laserterapia em feridas?

A laserterapia deve ser realizada por profissionais de saúde qualificados e treinados na técnica, como médicos, enfermeiros especializados e fisioterapeutas com formação específica em laserterapia.

A laserterapia é dolorosa?

Não, a laserterapia é geralmente indolor. Alguns pacientes relatam uma sensação de calor durante o tratamento, mas isso é geralmente bem tolerado.

Quanto tempo dura cada sessão de laserterapia?

O tempo de cada sessão pode variar dependendo da gravidade da ferida e do tipo de laser utilizado. Em média, uma sessão pode durar entre 15 a 30 minutos.

Quais são os efeitos colaterais da laserterapia?

Os efeitos colaterais são raros e geralmente mínimos, como leve vermelhidão ou inchaço no local do tratamento.

A laserterapia substitui outros tratamentos para feridas?

Embora a laserterapia tenha mostrado ser eficaz, ela é frequentemente usada em conjunto com outros tratamentos, como curativos e medicamentos, para maximizar a eficácia.

O tratamento com laserterapia é coberto por convênios médicos?

Isso pode variar dependendo do plano de saúde e da política da seguradora. É recomendável consultar seu provedor de seguro para informações específicas.

Existe algum cuidado pós-tratamento que eu devo seguir?

Sim, é importante seguir todas as orientações pós-tratamento fornecidas pelo seu profissional de saúde. Isso pode incluir cuidados com a ferida, como limpeza e curativos, bem como possíveis restrições de atividades.

Como posso saber se a laserterapia é a opção de tratamento certa para mim?

A melhor maneira é através de uma consulta com um profissional de saúde qualificado.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × um =

doutor-feridas-marca

Agende agora uma Consulta com um Especialista em Feridas

Temos especialistas em todo Brasil para atendimento em nossas clínicas ou em domicílio

doutor-feridas-marca

Agende agora uma consulta com um Especialista em Feridas​!

Temos especialistas em todo Brasil para
atendimento em nossas clínicas ou em
domicílio.

Aceitamos PIX, cartão ou boleto. Pagamento facilitado.