fbpx

Qual o melhor curativo para úlcera varicosa?

Enfermeira aplica bandagem compressiva para curativo de úlcera varicosa

A escolha do melhor curativo para úlcera varicosa (também conhecida como úlcera venosa) vai depender do aspecto da lesão, da gravidade da ferida e das condições de saúde do paciente.

Por isso, cada caso deve ser analisado individualmente, para que seja tomada a melhor decisão pelo profissional da saúde.

Felizmente, existem hoje diversos curativos altamente tecnológicos que contribuem para promover a cicatrização.

Vamos conhecer alguns deles a seguir.

Principais curativos para úlcera varicosa

De um modo geral, as terapias compressivas são os melhores métodos curativos para úlceras varicosas.

A compressão visa cumprir as seguintes funções no processo de cicatrização:

  • Melhora do retorno venoso;
  • Redução do inchaço local;
  • Aumento da drenagem;
  • Regeneração dos tecidos ao redor da ferida;
  • Aumento do fluxo sanguíneo na região;
  • Redução de células inflamatórias.

Dentre as terapias compressivas comumente adotadas para o tratamento de úlcera venosa, as principais delas são:

Faixa Elástica de uma camada ou Multicamadas

As terapias compressivas elásticas têm apresentações de uma camada ou multi camadas.

Os sistemas de uma camada são mais utilizados quando se necessita acessar a ferida com maior frequência, como nas situações em que a lesão está infectada. 

Já os sistemas multicamadas geralmente são trocados a cada sete dias e não são recomendados quando a ferida contém sinais de infecção. 

Uma vantagem do sistema multicamadas é que não requer técnicas de compressão elaboradas, o que resulta em maior tolerabilidade e satisfação do paciente. 

Terapias inelásticas (Bota de Unna)

As terapias inelásticas atuam fazendo uma contenção do músculo. Assim, impedem que ele distenda muito durante a caminhada, aumentando a pressão sobre as veias. 

Esse aumento da pressão faz com que o bombeamento do sangue ocorra no sentido do coração, criando as condições para a melhora da circulação sanguínea. 

O sistema inelástico mais utilizado é a Bota de Unna, uma faixa impregnada com óxido de zinco, gelatina e glicerina. 

A Bota de Unna serve tanto para tratamento tópico quanto para a melhora do retorno venoso. 

Não é indicada para feridas infectadas, a não ser que seja associada com algum produto que trate a infecção na ferida. 

É recomendável que, nas primeiras aplicações, a perna afetada se mantenha elevada por pelo menos uma hora antes da aplicação. A troca deve ser feita de uma a duas vezes por semana.

As terapias inelásticas, de um modo geral, costumam ser bem aderidas pelos pacientes, devido à redução imediata do edema e consequente diminuição do volume da perna.

Sistemas de Velcro

A grande vantagem dos sistemas de velcro é que os próprios familiares e pacientes podem realizar a aplicação. 

Eles fornecem uma rigidez de média a alta, permitindo cuidados diários com a pele e banhos normalmente. 

Meias de compressão

As meias de compressão são mais eficazes na prevenção da úlcera venosa, e não no tratamento.

Nos pacientes tratados pela Doutor Feridas, por exemplo, assim que o tratamento é finalizado com sucesso, já indicamos o uso contínuo da meia de compressão.

É algo que o paciente com úlcera venosa terá de se acostumar pelo restante da sua vida.

O curativo é um fator decisivo para a cicatrização da ferida?

Embora os curativos para úlcera varicosa tenham um papel importante na cicatrização, sua simples aplicação está longe de ser o suficiente para a cura da lesão.

Na verdade, o tratamento de uma úlcera varicosa envolve uma série de fatores para ser bem-sucedido, como:

  • Controle da Insuficiência Venosa Crônica e/ou outras doenças associadas que estão impedindo a cicatrização;
  • Controle dos possíveis sinais de infecção na ferida;
  • Melhora de hábitos alimentares e consumo de suplementos nutricionais próprios para promover a cicatrização;
  • Aplicação de terapias adjuvantes, como laserterapia e ozonioterapia, entre outras;
  • Uso de meias de compressão para promover a melhor circulação sanguínea nos membros inferiores.

Ou seja, de nada adianta aplicar apenas o curativo ou utilizar pomadas anti-inflamatórias e antibióticas, se não houver um cuidado com a saúde do paciente como um todo.

A úlcera varicosa deve ficar sempre coberta?

Sim, todas as feridas devem permanecer sempre cobertas, para evitar a contaminação por bactérias e outros micro-organismos que podem levar à infecção.

Existe a falsa crença de que a ferida “precisa respirar”, mas a verdade é que os próprios curativos já foram desenvolvidos para auxiliar no processo de oxigenação sanguínea que levará à cicatrização.

Quanto maior o tempo da ferida aberta, mais o paciente corre riscos de infecções que podem agravar em muito o problema, podendo levar até mesmo à amputação.

Como saber qual o melhor curativo para a minha úlcera varicosa?

Essa resposta só pode ser dada por um profissional da saúde habilitado que esteja acompanhando o tratamento da ferida no paciente.

Os profissionais mais indicados para isso são o enfermeiro estomaterapeuta (que é especializado em feridas crônicas) e o médico vascular.

Em clínicas como a Doutor Feridas, por exemplo, o paciente pode encontrar enfermeiros estomaterapeutas, médicos, fisioterapeutas e outros profissionais especializados em cicatrização.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

3 respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

catorze + dezoito =

doutor-feridas-marca

Agende agora uma Consulta com um Especialista em Feridas

Temos especialistas em todo Brasil para atendimento em nossas clínicas ou em domicílio

doutor-feridas-marca

Agende agora uma consulta com um Especialista em Feridas​!

Temos especialistas em todo Brasil para
atendimento em nossas clínicas ou em
domicílio.

Aceitamos PIX, cartão ou boleto. Pagamento facilitado.